App Econocar - Você e seu carro numa boa!
Trocar o óleo do carro: entenda quando e como fazer para evitar problemas no seu veículo -  Elétrica ou Mecânica)

Trocar o óleo do carro: entenda quando e como fazer para evitar problemas no seu veículo

Possuir um carro ainda é o sonho de consumo de muitas pessoas. E como todos sabem, não é só comprar o carro e pronto, sair andando pelo mundo: tem IPVA, seguro e mais todo o cuidado com o veículo, que engloba o controle do combustível, limpeza, manutenção preventiva e corretiva, troca de pneus, troca de óleo e por aí vai… Mas é justamente a troca de óleo que apresenta um problema para algumas pessoas, principalmente aos novos motoristas. Como essa troca não é feita frequentemente, algumas pessoas acabam esquecendo de trocar o óleo ou o fazem de forma incorreta ou então levam o carro ao posto de gasolina, que muitas vezes não conta com profissionais devidamente preparados para tal serviço, ignorando a inspeção do veículo na hora da troca, o que pode gerar um enorme prejuízo. Então, para evitar manutenções desnecessárias e mais gastos, criamos este artigo para te ajudar a cuidar do seu carro e evitar despesas futuras:

Primeiramente, por que trocar o óleo?

O automóvel foi uma das maiores invenções da humanidade, por volta de 1769 com a criação do motor a vapor. Mas é somente em 1885 que surgiram os primeiros veículos que andavam a partir da combustão da gasolina, evoluindo para os motores que conhecemos hoje. Ou seja, foi uma invenção complexa: inúmeros componentes metálicos que combinados fazem um objeto com mais de 600 kg andar. E para continuar funcionando perfeitamente e não desgastar, essa enorme quantidade de peças necessita de lubrificação, afinal, dentro do motor, onde ocorre a combustão, acontece uma rápida e grande troca de calor, contaminando e oxidando o óleo com o passar do tempo, desgastando as características lubrificantes do produto. Então, a função do óleo é justamente lubrificar, limpar e refrigerar o motor para que o mesmo não tenha seu desempenho prejudicado.

Mas o que acontece se eu não trocar o óleo?

Provavelmente o motor irá fundir. Não trocar o óleo, colocar o óleo errado (já falaremos sobre) ou mesmo as avarias na bomba de óleo, prejudicam o funcionamento do motor. Imagina a dor de cabeça: você no meio da rua e de repente seu carro para de funcionar por problemas no motor. Se você estiver indo para algum compromisso é melhor desmarcar, porque um motor fundido é uma dor de cabeça grande e cara – caso você passe por uma situação parecida, conte com a Econocar: basta alguns cliques e problema resolvido. Então se você quer evitar dores de cabeça, é bom trocar o óleo regularmente.

Mas quando devo trocar o óleo do carro?

As montadoras recomendam prazos para realizar a troca de óleo, geralmente, entre intervalos de 5.000 km e 10.000 km. Contudo, a quilometragem não é um fator decisivo para realizar a troca de óleo. Outros fatores podem influenciar o momento da troca:

Carros que rodam pouco

Para esses veículos que não estão expostos às altas variações de temperaturas com frequência, a troca pode ser feita entre 10.000 km e 15.000 km. Para essa situação, a troca será feita praticamente anualmente e se você seguir as revisões corretamente, já  fará a troca de óleo quando você levar seu carro.

Carros usados frequentemente

Agora se você utiliza seu carro diariamente (como para trabalhar, por exemplo), a conversa é diferente. Como o veículo enfrenta mudanças de temperatura mais bruscas, passando mais tempo no trânsito, o motor é mais exigido. Nesse caso, a recomendação é fazer a troca de óleo entre 5.000 km e 7.000 km. Praticamente semestral.

Manutenção do óleo

Deve-se verificar a quantidade de óleo no motor regularmente, seja ao abastecer o veículo no posto, na oficina ou em casa, sempre com o veículo desligado por alguns minutos para esfriar o motor e em terreno plano. O ideal é que essa verificação seja feita uma vez ao mês – para carros muito antigos, o indicado são duas vezes ao mês – sempre por um profissional capacitado para a função (oficinas mecânicas, por exemplo) O filtro de óleo também deve ser trocado sempre que é feita a troca total de óleo do motor, pois ele armazena a sujeira do óleo antigo e pode prejudicar no funcionamento do novo produto.

Como trocar o óleo do seu veículo da forma correta e segura?

O ideal é sempre fazer a troca completa. Apenas completar o lubrificante pode acabar misturando o óleo novo com o usado, gerando contaminação e comprometendo a eficácia do óleo. Existem no mercado três tipos de óleo: sintético, semi-sintético e mineral. O óleo sintético é produzido por reações químicas e é considerado o óleo mais puro. Já o óleo mineral é adquirido através de diversos componentes extraídos do óleo, enquanto o semi-sintético é feito a partir de uma mistura dos outros dois.

Qual o melhor tipo de óleo para o meu carro?

Salvo exceções onde é inevitável completar o óleo (quando isso ocorrer, é importante utilizar o produto da mesma marca e assim que possível, substituir o lubrificante), é preciso escolher aquele que melhor se adapta ao seu veículo e ao seu bolso. Para isso, a ajuda de um mecânico ou especialista é fundamental. Então, se você entende pouco sobre como trocar óleo e os demais cuidados com seu carro, procure um mecânico para lhe orientar. E para te ajudar a encontrar o mecânico ideal, com preço acessível e próximo a você, a Econocar é a opção perfeita. A Econocar é um app onde você pode agendar suas revisões, chamar uma assistência 24h (perdeu a chave do carro ou o pneu furou no meio da estrada? Abra o app), solicitar orçamentos de oficinas mecânicas ou mesmo solicitar a lavagem do carro e a troca de óleo a domicílio. Você economiza dinheiro – com várias opções de orçamento, você pode economizar até 30% -, economiza tempo – basta alguns toques no celular e pronto – e ainda tem mais segurança – uma grande rede de oficinas e serviços automotivos credenciados e especializados para atender sua demanda.

Conheça o app agora!

Vamos cuidar da parte chata de ter um carro enquanto você aproveita o tempo que sobra pra fazer as coisas que realmente gosta. Gostou do artigo? Continue acompanhando nosso blog e nos siga no Facebook e Instagram que sempre traremos novidades, dicas e soluções para você e seu carro. Tem alguma dúvida? Comente aqui que iremos te ajudar!